• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

A importância de ter um bom layout de armazenagem logística

2 de novembro de 2017
Gestão de Frotas

O layout de armazenagem na logística é um método que visa organizar da melhor maneira possível uma área para o aproveitamento máximo do espaço disponível. Entre outras coisas, um bom layout consegue melhorar a produtividade do setor e facilitar a movimentação de equipamentos.

A prática é importante, pois se bem desenvolvida, aprimora os resultados, impactando diretamente nos lucros da empresa — bem como os colaboradores, que conseguem realizar a separação das mercadorias de forma mais rápida e lógica.

Este artigo aborda os benefícios de adotar um layout planejado de acordo com as necessidades das empresas, além de apresentar pontos essenciais para desenvolver a técnica da maneira correta. Acompanhe a leitura e saiba mais sobre o tema!

O conceito de layout de armazém

Antes de começar este conteúdo, é importante definir o significado de um conceito que é considerado estratégico na gestão de uma empresa. Já sabemos que o armazém é o local dedicado a armazenar as mercadorias até que sejam disponibilizadas para venda.

Portanto, o layout é a forma como cada área é organizada e segmentada, com o intuito de aproveitá-la da melhor forma possível. Para atingir esse objetivo, o gestor logístico deve considerar a circulação da equipe, a disposição das prateleiras e os locais para o deslocamento de equipamentos.

Considerando todos esses elementos, o resultado é uma planta detalhada do local, que busca:

  • encurtar distâncias;
  • proporcionar mais flexibilidade;
  • reduzir os custos de armazenagem;
  • separar as mercadorias de forma racional;
  • assegurar a utilização da capacidade máxima.

Os principais riscos de um layout inadequado

Já descrevemos como a movimentação interna de produtos é relevante para o negócio e qual é o impacto da organização do espaço. Contudo, quando o layout apresenta problemas, a empresa é afetada negativamente. Confira a lista com os potenciais riscos e tome providências para prevenir esse cenário.

Falta de segurança no local

Um dos problemas que mais afeta o varejo é o roubo de mercadorias dentro do próprio estoque. Por isso, o investimento em medidas de segurança deve ser uma prioridade ao planejar a disposição do local. Áreas isoladas e com pouca visibilidade, por exemplo, são extremamente propícias a esse tipo de atitude.

Por isso, valorize áreas abertas e visíveis, e também limite o acesso ao pessoal que desempenha atividades na área. Se o investimento cabe no seu orçamento, considere a implementação de câmeras e de um CCTV para ampliar as formas de vigilância.

Incidência de produtos avariados

Considere o exemplo de uma empresa varejista como um supermercado. Como já foi dito anteriormente, produtos danificados e embalagens comprometidas representam um prejuízo, pois não podem ser comercializados com segurança.

As empresas que atuam nesse segmento estão sujeitas a fiscalização, portanto, é recomendado garantir a integridade dos produtos. Como medida preventiva — até que sejam levadas para as prateleiras na loja —, as mercadorias devem ser acondicionadas em lotes e paletes para melhor movimentação.

Acidentes com equipamentos

Proteger a equipe de armazém é primordial, portanto, o planejamento do espaço deve eliminar elementos que podem constituir riscos — como degraus, piso escorregadio e corredores estreitos.

Os carrinhos e as empilhadeiras também devem ser levados em consideração, pois requerem espaço para manobras durante a carga e a descarga. Como esse é um equipamento de alto custo, é importante garantir que tudo está em perfeitas condições de uso e que os operadores sejam qualificados.

Falta de acondicionamento adequado

Cada categoria de produtos comercializados por supermercados tem requisitos necessários, que tornam o seu armazenamento mais seguro — tanto para garantir o seu consumo quanto para evitar acidentes.

Produtos de limpeza costumam conter componentes que não podem ser submetidos a altas temperaturas, por exemplo. Ao mesmo tempo, sua inalação em grandes quantidades também pode causar danos à saúde. Portanto, essa é uma seção cuja ventilação e temperatura devem ser controladas para evitar acidentes de natureza grave.

Do mesmo modo, os alimentos frios e congelados requerem áreas específicas com baixas temperaturas, como as câmaras frias e os refrigeradores — para evitar a sua deterioração.

Aumento dos custos

A manutenção de estoques já é uma atividade que consome importantes recursos com a imobilização do capital da empresa. A situação se torna ainda mais preocupante quando o espaço é mal distribuído. Isso acontece porque os custos para manter o espaço tendem a ser fixos.

A decisão mais responsável financeiramente é dedicar tempo para projetar um layout que ofereça o melhor aproveitamento e o aumento da capacidade do local.

A importância do layout de armazenagem na logística

Organização é uma da palavra-chave dentro da gestão de materiais e estoque para vendas. Quanto mais flexível for a estrutura interna, maior será o aproveitamento das instalações devido à necessidade de eventuais mudanças e movimentação de itens de grande porte.

Isso ocorre porque o layout de armazenagem na logística engloba as atividades de:

  • recebimento de mercadorias;
  • estocagem de acordo com as características do produto;
  • movimentação interna;
  • alocação nas prateleiras dos estabelecimento.

Por esse motivo, os gestores devem estar atentos às atividades executadas no espaço do armazém, pois a ocorrência de problemas pode representar a perda financeira. Mercadorias vencidas por falta de acompanhamento ou danificadas por causa dos equipamentos utilizados, por exemplo, representam um prejuízo significativo.

As condições físicas do local também causam interferência na conservação dos produtos, especialmente no setor varejista. A ampla variedade de produtos — que vão desde alimentos até produtos de limpeza — constitui um desafio para garantir o acondicionamento adequado.

Por esse motivo, a elaboração do layout utilizado deve prover as condições de ventilação, iluminação e controle de temperatura para manter o estoque em perfeitas condições.

Os benefícios do layout de armazenagem na logística

Quando elaborado de forma adequada, o layout proporciona diversos benefícios que afetam a produtividade, a redução de custos e a segurança. Essa é uma decisão com impacto estratégico, portanto, o gestor deve estar atento à execução das atividades para identificar oportunidades de melhoria.

Entre as principais vantagens da implementação de um layout, podemos citar as seguintes.

Movimentação eficiente

Nos setores logísticos de grandes empresas, é comum identificarmos dificuldades de locomoção por parte dos funcionários e principalmente das grandes máquinas. Com uma arrumação que desfavorece o trajeto geral, grande parte do trabalho fica comprometida.

A adoção de um layout garante ao mesmo tempo uma livre movimentação de colaboradores e máquinas, sem comprometer os espaços que são destinados às mercadorias.

Aumento de produtividade

Quando falamos em aumento da produtividade, não estamos nos referindo apenas a uma melhor movimentação de funcionários — o que de fato ajuda na produtividade. Na prática, a arrumação eficaz diminui as chances dos produtos ficarem obsoletos ou que sejam avariados com facilidade, além de agilizar todo o processo de entrada e saída de mercadoria.

Além disso, o processo de controle de estoque e a realização de inventário são beneficiados por uma organização que facilita a contagem de itens, quando necessário.

Mais aproveitamento do espaço

Contar com altos estoques é uma prática relativamente comum, mas ao mesmo tempo nociva na logística. Diante desse cenário, alguns gestores optam por diminuir ou até paralisar a operação de entrada de produtos, na intenção de esvaziar o estoque. Essa atitude acaba gerando prejuízos e, na prática, não resolve muita coisa.

Isso ocorre porque, para eliminar os produtos obsoletos, a empresa precisa praticar preços reduzidos, o que diminui a margem de lucro significativamente. Ao criar um layout eficiente é possível armazenar muito mais produtos no mesmo espaço físico — e tudo basicamente por adotar uma organização eficiente e realizando pequenos ajustes.

Melhoria da segurança

Ao utilizar um fluxo lógico, contínuo e deixar o local bem sinalizado, o risco de acidentes reduz drasticamente, pois os colaboradores sabem como devem se movimentar com e sem equipamentos. Como consequência, a quantidade de faltas diminui e a moral aumenta.

Além disso, é importante conscientizar a equipe sobre a importância de seguir as regras de circulação para a sua integridade física e para facilitar o desempenho das atividades.

As práticas para melhorar o layout de armazém

Agora que você já conhece os benefícios de criar um layout de armazenagem na logística, é o momento de saber como implementá-lo. Muitas vezes os gestores acreditam que modificar o ambiente do armazém requer grandes investimentos e até mesmo a interrupção da operação para ser colocado em prática.

Contudo, esse cenário não poderia estar mais longe da realidade, pois medidas simples podem ser adotadas para melhorar o ambiente. Veja abaixo algumas dicas práticas de como fazer isso.

Giro dos materiais

O padrão de layout determina que as mercadorias de alto giro (que têm mais saída) fiquem sempre a uma altura de fácil alcance e em locais mais próximos da expedição, encurtando a distância. Já os produtos que têm menos saída, o processo deve ser justamente o contrário: podem ficar em locais mais afastados e com alturas elevadas, pois a demanda não é tão constante.

Tamanho dos materiais

O tamanho dos produtos também é um ponto relevante na arrumação de layout, pois esse quesito tem influência direta no correto aproveitamento do espaço. Por exemplo: se um espaço pequeno for reservado para mercadorias grandes, haverá uma inconsistência e provavelmente os materiais vão invadir áreas alheias.

O mesmo serve para uma situação contrária: se for uma área grande para materiais pequenos, estará configurado um desperdício de espaço.

Armazenamento por grupos

Criar categorias e subcategorias e agrupá-las na área de armazenagem também faz parte de um padrão de layout — essa arrumação facilita bastante a entrada e a saída de produtos.

Além disso, a armazenagem por grupos também dinamiza e simplifica a pesquisa de materiais para utilização — o que facilita o trabalho dos profissionais e impulsiona a produtividade diária.

Características dos produtos

Um layout de armazenagem também visa garantir a integridade dos produtos e das mercadorias. Assim, é importante prestar atenção nas características dos produtos para reservar locais adequados para armazená-los.

Produtos que precisam de ventilação e umidade devem ficar juntos e ser colocados em locais que propiciem esse tipo de climatização. Da mesma forma, se um produto demandar um ambiente mais quente para manter a sua estrutura, deve ser acondicionado em locais com essas características.

Vale lembrar também que produtos alimentícios não podem ser armazenados junto aos produtos de limpeza. Todos esses detalhes precisam ser observados ao realizar o layout.

Eficiência do espaço

Para aproveitar ao máximo os espaços, o layout deve ser pensado a partir da acessibilidade do local. É preciso levar em conta fatores como:

  • número de movimentações de entrada e saída;
  • horário das operações;
  • características dos produtos;
  • capacidade produtiva;
  • tipos de equipamentos utilizados;
  • tipos de paletização utilizados, entre outros.

Armazenamento por afinidade

Armazenamento por afinidade quer dizer que todos os produtos e as mercadorias que costumam ser expedidos ou chegam ao mesmo tempo precisam ser armazenados próximos uns dos outros ou no mesmo lugar.

Essa forma de arrumação de layout evita perda de tempo em processos de entrada e saída de itens. No entanto, é sempre importante prestar atenção nas características de cada produto durante o armazenamento por afinidade.

Largura dos corredores

A largura dos corredores é importante desde o momento em que se pode correr riscos ao organizar os produtos sem um estudo prévio do local. É essencial não esquecer das grandes máquinas que vão circular pelos corredores.

Por isso, na etapa inicial do estudo para implementação do layout de armazenagem, deve-se levar em conta a largura dos corredores e a distância das mercadorias para o corredor principal.

É importante verificar se o fluxo dos equipamentos será em um ou nos dois sentidos, e se o espaço é suficiente para o giro das empilhadeiras.

Posicionamento das portas

Negligenciar esse fato por gerar consequências catastróficas, como dificuldades de acesso às portas de entrada e saída ou mesmo um bloqueio total por conta de mercadorias mal posicionadas. Garanta que todas as portas fiquem desobstruídas e que a movimentação de colaboradores e equipamentos possa ser feita sem nenhuma dificuldade.

Para o gestor logístico experiente, não há dúvidas sobre a importância de tornar o armazém cada vez mais eficiente e produtivo. Um exemplo dessa mudança é o fato de que o processo de armazenagem tem se tornado cada vez mais crítico para a operação de empresas em todos os setores.

Portanto, a busca por meios de aprimorar as tarefas de recebimento, separação e alocação deve ter como base técnicas de organização das instalações. Portanto, o layout de armazenagem na logística deve refletir esses princípios e contribuir para o alcance dos objetivos do empreendimento.

Garanta que a sua empresa esteja atualizada e continue aprendendo sobre o assunto! Siga a nossa página no Facebook!

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Nossas unidades

Temos unidades em 4 Estados

RIO GRANDE DO SUL

Berto Círio, 158,
São Luis - Canoas/RS

(51) 3785-4944

SANTA CATARINA

Rodovia José Carlos Daux,
4150 Florianópolis/SC

(48) 4042-2779

PARANÁ

Av. Cândido de Abreu, 776
Curitiba/PR

(41) 4042-3009

SÃO PAULO

Rua Sgt Alcides Oliveira, 549
São Paulo/SP

(11) 3230-6774