• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

Como aumentar a produtividade na cadeia logística?

12 de setembro de 2017
Gestão de Frotas

Gerenciar a cadeia logística é uma tarefa que demanda conhecimentos e a aplicação de certas estratégias. Aumentar a produtividade na cadeia logística não significa necessariamente gastar muito. Ao contrário, o gestor deve se esforçar para garantir um nível mais alto de produtividade a menores custos.

Veja abaixo como aumentar a produtividade na cadeia logística, considerando também os principais fatores que podem impactar negativamente na produtividade.

Descubra as causas da queda na produtividade

Para traçar as melhores estratégias, uma recomendação é identificar o que está realmente provocando a queda na produtividade. A cadeia logística necessita de análise e diagnóstico, a partir dos quais será possível definir o melhor tratamento, as melhores soluções. Algumas possibilidades podem ser apontadas, como:

A supervisão é falha

Esse é um dos elementos que podem estar comprometendo a produtividade na cadeia logística e no processo em geral.

É fundamental que a cadeia logística conte com a supervisão de um profissional qualificado (ou mesmo de uma equipe), que compreenda o assunto e seja apto a identificar gargalos na produção, a detectar falhas e a aproveitar melhor as oportunidades.

Sem a devida supervisão, o processo tende a ser moroso e suscetível a erros diversos e a maiores desperdícios. Os custos terminarão maiores e os resultados nunca serão realmente os desejados.

Supervisionar não significa manter um controle autoritário sobre os funcionários, gerando um ambiente de trabalho desagradável, o que pode ser, na verdade, muito improdutivo.

Uma boa alternativa é recorrer à tecnologia para uma supervisão mais dinâmica e eficiente, como os aplicativos que transmitem informações em tempo real sobre o caminhão e sua carga, evitando paradas não programadas, ajudando a contornar situações mais complicadas (como trânsito congestionado) e otimizando, dessa forma, o relacionamento entre funcionário e empresa.

Os funcionários sofrem com sobrecarga de trabalho

Alguns gestores entendem que para aumentar a produtividade na cadeia logística é preciso multiplicar o trabalho dos funcionários. Porém, esse é um engano terrível, pois o desgaste da equipe de trabalho desmotiva os funcionários, fazendo com que as operações sejam consideradas chatas e monótonas.

Um funcionário sobrecarregado jamais consegue dar o melhor de si e a produtividade tende a cair drasticamente. É interessante intercalar períodos de alta produtividade com momentos de descontração.

Os funcionários não estão sendo ouvidos

Muitos funcionários podem ter boas sugestões, mas não têm oportunidades de dá-las. As pessoas que vivenciam a rotina de trabalho estão aptas a sugerir melhorias e relatar falhas.

Nem sempre é possível ouvir a opinião de todos os funcionários, inclusive porque outros fatores interferem na tomada de decisão. Mas é importante escutar o que dizem as pessoas que atuam diretamente na cadeia logística.

A equipe de trabalho está desmotivada

Não é possível aumentar a produtividade na cadeia logística se não existe motivação para o trabalho. Uma pesquisa norte-americana provou que pessoas motivadas trabalham aproximadamente 12% a mais. Os desmotivados que são demitidos representam custos que podem atingir R$ 900 bilhões por ano.

É preciso compreender e atender às necessidades dos funcionários, oferecendo regalias e fazendo concessões quando preciso.

Quando o funcionário se compromete realmente com o que faz, trabalha melhor, atende melhor os clientes e até recomenda a empresa para outras pessoas trabalharem.

Conheça as formas de aumentar a produtividade na cadeia logística

Consideradas as causas que interferem negativamente na produtividade da cadeia logística, passaremos às formas de reverter esse quadro.

Acompanhe nos tópicos que se seguem as melhores maneiras de obter mais produtividade na cadeia logística.

Crie uma estratégia de controle de estoque

É importante conhecer clientes, fornecedores e materiais com os quais sua empresa trabalha e, a partir deles, criar uma estratégia para controlar estoque compatível com a realidade do negócio.

Avalie as melhores condições para armazenar os materiais e procure maneiras de fazer com que eles permaneçam estocados o menor tempo possível. Converse com os clientes e negocie com as empresas transportadoras para criar uma escala contínua de envio e recebimento de produtos que envolva menores custos. O giro maior de mercadorias contribui para diminuir a necessidade de espaço e aumentar a lucratividade.

Também é importante priorizar o envio de materiais que precisam de cuidados especiais ou aqueles que apresentam prazos de validade mais curtos. Avalie a taxa de entrada e a saída de mercadorias, confirmando que o estoque não está recebendo além do que pode enviar.

A partir de algumas informações, pode-se desenvolver uma boa estratégia de gerenciamento logístico e controle de estoque que vai reduzir custos e ajudar para que os processos sejam mais eficientes.

Use tecnologia adequada

É preciso ainda trabalhar com boas ferramentas para gerenciar o estoque. Há softwares que armazenam e analisam dados com eficiência e, portanto, são úteis para aprimorar a estratégia logística.

Pesquise ferramentas que cataloguem e analisem os detalhes das mercadorias, para tornar mais fácil a gestão de estoque sem a necessidade de repetidas conferências.

Os sistemas WMS (armazém) e TMS (transporte), bem como os códigos de barras e a radiofrequência, otimizam a qualidade da informação e contribuem para o aumento da produtividade na cadeia logística.

Procure usar máquinas e equipamentos mais modernos, que agilizam as operações e aumenta a eficiência.

Aproxime-se da equipe e dê feedbacks

É importante manter contato próximo com a equipe que atua na cadeia logística. Ande pelo armazém todos os dias, converse com os funcionários, avalie a maneira como o trabalho está sendo realizado.

Dê e receba feedbacks, assim os funcionários terão oportunidade de melhorar seu trabalho de forma rápida e também terão o direito de avaliar o trabalho dos líderes. Os feedbacks ajudam a desenvolver o relacionamento e a aumentar a produtividade na cadeia logística de forma descomplicada e simples, indo direto ao ponto.

A sua análise diária e os feedbacks ajudarão a identificar oportunidades de melhorias — ao contrário de uma auditoria formal, que intimida os trabalhadores e gera queda na produtividade.

Aplique a estratégia cross-docking

Essa estratégia ajuda a reduzir até 25% dos custos em comparação às operações tradicionais de estocagem e picking. Trata-se de fazer com que as mercadorias circulem pelo armazém somente nas docas, passando de um veículo para o outro, sem precisar estocar.

Pode ser aplicada em produtos cujas vendas são previsíveis e sempre que for possível determinar com exatidão a hora em que os caminhões chegam e saem.

Elimine estoques muito antigos

Libere espaço nos armazéns, fazendo promoções e dando descontos em produtos guardados há muito tempo. Também é possível disponibilizá-los para leilão ou aumentar a comissão sobre as suas vendas. Sem estoques antigos, a atenção se concentrará apenas nas mercadorias disponíveis para venda.

Divida seu trabalho com os fornecedores

Outra maneira de aumentar a produtividade na cadeia logística é transferir para seus fornecedores algumas operações como embalagem de mercadorias de acordo com a loja ou departamento, etiquetagem das embalagens e transporte dos produtos para o armazém ou outro local.

O você que tem feito para aumentar a produtividade na cadeia logística? Deseja saber mais sobre manutenção de empilhadeiras? Aproveite e conheça 17 razões técnicas para você realizar a manutenção preventiva de sua empilhadeira elétrica.

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Entre em contato, tire suas dúvidas!