• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

Conheça 3 problemas causados por falhas em equipamentos

28 de setembro de 2017
Gestão de Frotas

O trabalho no setor de indústria depende fortemente da qualidade das máquinas e materiais aplicados. Equipamentos de linhas de montagem e segurança são pré-requisitos para a existência de uma fábrica. Mas, além de adquirir estes recursos, você também precisa se prevenir contra falhas em equipamentos, ou pode sofrer grandes prejuízos.

Quando uma máquina apresenta um defeito, é necessário tomar uma atitude o quanto antes. Primeiro, deve ser feita uma análise da falha, revelando sua causa e a melhor forma de corrigi-la. Manutenção preventiva também é vital neste processo, pois ela permite que você evite problemas antes que eles ocorram.

Infelizmente, não é difícil encontrar gestores que não consideram estes pontos com total seriedade. Mesmo que também seja importante tomar conta da logística, economia de materiais e distribuição de produtos, garantir que o ciclo de produção e entrega se mantenha também é fundamental para qualquer negócio.

Para que você entenda melhor a importância da manutenção preventiva, trouxemos aqui 3 principais consequências das falhas em equipamentos. Acompanhe:

1. Perda da produção

O primeiro e mais notável problema de uma falha de máquinas em uma indústria é a queda na saída de produtos. Se um estágio da linha de produção ficar interditado devido a problemas com o equipamento, pode ser necessário interromper todas as atividades por um tempo considerável, até que a máquina esteja funcionando adequadamente de novo.

Nestes casos, pode ser que a sua empresa tenha planos de contingência, como a troca do equipamento danificado. Porém, certas máquinas são mais difíceis de substituir, como grandes prensas e empacotadoras automáticas. E, mesmo que a troca não seja impossível, ela também consome tempo e recursos que poderiam ser poupados através de uma revisão regular e manutenção preventiva.

2. Acidentes com danos aos funcionários

Desde o início da industrialização, máquinas causaram incontáveis danos físicos aos trabalhadores de fábricas. Por isso, houve muitas mudanças em protocolos de segurança, para evitar quadros como este. Porém, mesmo com máquinas mais seguras, problemas de funcionamento ainda podem causar acidentes.

Andaimes com defeito, por exemplo, podem cair e causar sérios estragos. Profissionais que manipulam ingredientes tóxicos durante a produção dependem de equipamentos de proteção e isolamento. Além de todos os danos físicos e morais ao trabalhador, a empresa acaba perdendo muito mais pelo tempo de recuperação de um funcionário do que teria poupado ao cortar a prevenção de acidentes em uma máquina.

3. Custo elevado daquela linha

As falhas em equipamentos sempre geram custos. E estes, em muitos casos, precisam ser repassados para o consumidor final. Isso quer dizer que, além da perda na produção, você terá um custo superior nos seus produtos. Porém, transferir completamente estes valores para os seus clientes nem sempre é uma boa opção, especialmente se o seu diferencial era o preço acessível. No fim das contas, sua margem de lucro será reduzida ou mesmo anulada pela falta de prevenção.

Agora que você entende quais são as principais consequências das falhas de equipamentos em indústrias, é hora de investir em análise e manutenção preventiva. Tem mais alguma dúvida? Então deixe um comentário com sua pergunta!

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Entre em contato, tire suas dúvidas!