• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

Gestão de estoque: o que é, importância e métodos

11 de dezembro de 2017
Gestão de Frotas

A gestão de estoque consiste em administrar os recursos materiais responsáveis pela geração de recursos na empresa.

O estoque deve ser mínimo, pois possibilita a diminuição, tanto do custo de manutenção quanto das perdas por depreciação. Porém, a variação da demanda deve ser considerada, já que não se pode prever com exatidão o volume de vendas no próximo período.

Se a empresa não possui estoques de segurança e, consequentemente, deixa de produzir, abre demanda para a concorrência. Ou, se não cumpre seus prazos de entrega, tem a sua imagem prejudicada.

Surge, então, a necessidade da gestão de estoque como porta para a otimização do processo produtivo. Confira alguns pontos sobre uma boa gestão de estoque.

Fases da gestão de estoque

logística representa um grande desafio de competitividade. A partir dela, coordena-se a cadeia de suprimentos e a movimentação de produtos na empresa.

Uma gestão eficiente acarreta diminuição do custo do produto e, consequentemente, aumento das margens de lucro.

Podemos destacar as seguintes fases na gestão de estoque:

Recebimento

É necessário o uso de softwares para a conferência entre a nota fiscal e a quantidade de produtos recebidos. Um recurso interessante são os leitores de código de barras, que facilitam a identificação dos produtos.

Movimentação

A movimentação de cargas deve ser bem supervisionada para evitar avaria. Para isso deve-se utilizar recursos que facilitem o transporte dentro do CD, como empilhadeiras, por exemplo.

Armazenagem

Consiste na separação e organização de produtos para que sejam facilmente identificáveis e que podem ser feitas obedecendo a critérios de ordem alfabética ou por categorias, por exemplo.

Para melhorar ainda mais a gestão desse processo, é importante identificar essa localização nas características do produto no software utilizado.

Picking

É a preparação dos pedidos após a identificação da localização do produto e sua separação para embalagem e entrega.

Expedição

A ela cabe a organização das cargas no meio de transporte e o acompanhamento da entrega no destino. Não admite erros, já que isso vai onerar muito o custo logístico de todo o processo.

Não foram classificadas as fases do processo de transformação de insumos em bens acabados, no qual também é importante mensurar com eficiência as quantidades mínimas de toda a matéria-prima necessária para produção.

Vantagens da gestão de estoque

Por meio de controles bem elaborados, a gestão de estoque promove:

  • maior rapidez na distribuição das mercadorias entre os setores de produção; 
  • maior volume de produção com fabricação continuada;
  • possibilidade de compra em escala com negociação de preços e prazos junto aos fornecedores;
  • proteção às mudanças macroeconômicas;
  • proteção contra imprevistos de entrega e variáveis externas.

Relatórios que tornam a gestão de estoque mais eficiente

A análise de relatórios é essencial para direcionar as muitas variáveis relacionadas ao processo produtivo.

Alguns deles, como inventário, notas de compra e notas de venda, são complementares e devem ser produzidos de maneira eficiente para manterem-se condizentes com o estoque real da empresa.

Essa eficiência é obtida com a conferência na chegada da mercadoria junto às transportadoras e com o treinamento de funcionários, pois serão eles que manusearão o sistema e os bens durante todo o processo.

Ferramentas úteis na gestão de estoque

A tecnologia proporciona uma abertura de possibilidades na gestão de estoque: o controle pode ser feito de maneira mais rápida e com margem de erro mínima. Seguem alguns exemplos:

Leitor de códigos de barra e QR code

Facilitam o processo de contagem e levantamento do inventário, além da conferência da nota fiscal na chegada da mercadoria e o acesso às especificações contidas no sistema de gestão.

Diminui o erro nas vendas e mantém a padronização que vem do fornecedor com a chegada das notas fiscais.

Nota fiscal eletrônica

Ter acesso ao documento em formato XML possibilita a conferência dos produtos e o lançamento da nota fiscal, que é inserida automaticamente pelo código de produto no sistema da empresa.

ERP

O Enterprise Resource Planning é um sistema de gestão empresarial que possibilita unificar a informação e transformá-la em relatórios úteis na tomada de decisão.

Gostou de saber sobre gestão de estoque? Assine a nossa newsletter e receba mais informações direto no seu e-mail!

 

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Entre em contato, tire suas dúvidas!