• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

Terceirizar ou não a frota de empilhadeiras?

8 de agosto de 2017
Serviços

Conquistar uma logística eficiente é o desejo de todo gestor desta área empresarial. Na busca por mais produtividade, estratégias como a terceirização são comumente aplicadas. Mas neste momento pode surgir a dúvida: terceirizar ou não a frota de empilhadeiras?

As empilhadeiras são equipamentos imprescindíveis ao bom funcionamento do setor. No entanto, como já se sabe, sua aquisição requer um investimento e isso acaba gerando a incerteza de ser ou não uma opção viável.

Por isso, preparamos esse post para ajudá-lo a decidir sobre a terceirização ou aquisição de sua própria frota de empilhadeiras.

Qual a importância das empilhadeiras para o setor de logística?

Quando falamos em logística e gestão de estoque, é natural que venha à nossa mente a imagem de empilhadeiras trabalhando, pois este é um dos equipamentos mais importantes para o setor.

A movimentação de cargas pesadas só é possível graças à ajuda dessa ferramenta. Destaca-se que, para que uma empresa cresça de maneira saudável, ela precisa de um planejamento logístico estratégico, uma boa política de armazenamento e, claro, contar com o auxílio de equipamentos adequados.

É nesse cenário que as empilhadeiras se tornam imprescindíveis, pois facilitam o cotidiano do setor, tornando as tarefas mais simples, ágeis, seguras e dinâmicas, o que assegura ao negócio a competitividade necessária para atuar no mercado.

Devo terceirizar ou não a frota de empilhadeiras?

Já sabemos que uma empresa precisa contar com tais equipamentos em seus galpões e centros de distribuição, mas ainda há a dúvida de como concretizar isso, seja por meio da terceirização ou da compra de uma frota própria.

Primeiramente, é preciso ter noção de que não há uma resposta certa para todas as empresas, pois cada negócio tem as suas particularidades e demandas específicas.

As duas opções possuem prós e contras e podem gerar excelentes resultados, mas é preciso que o gerente logístico consiga estudar com atenção cada um dos casos para tomar uma decisão que seja a mais adequada às necessidades e possibilidades do empreendimento.

Quais são as vantagens e desvantagens da terceirização?

A terceirização é uma estratégia que vem sendo cada vez mais utilizada pelas empresas em diversos setores. A ideia de transferir certos encargos e responsabilidades a uma empresa especializada em determinado assunto traz alguns benefícios interessantes ao negócio, mas também pode apresentar alguns pontos negativos.

Se sua empresa está estudando a ideia de terceirizar a frota de empilhadeiras, é importante que sejam analisadas tanto as vantagens quanto as desvantagens desta escolha:

Vantagens

1. Custos previsíveis

Uma das maiores vantagens da terceirização é a economia que esse processo pode trazer à empresa. Como você não precisará adquirir os equipamentos — que possuem um custo elevado —, a empresa pode realocar esse capital em outros setores mais estratégicos.

Ademais, é preciso ressaltar que a previsibilidade do custo da contratação é bastante relevante. Com a assinatura do contrato, é possível saber exatamente quanto será pago pelos serviços, evitando surpresas desagradáveis no orçamento com a manutenção e troca de equipamentos, por exemplo.

2. Frota renovada a cada período de contrato

Um contrato de terceirização possui também a vantagem de prever a renovação da frota a cada período. Significa dizer que sua empresa poderá contar sempre com empilhadeiras novas e modernas, o que, consequentemente, torna a logística mais eficiente.

3. Contratação conforme a demanda

Poder contratar a prestação do serviço conforme a sua necessidade é um ponto interessante a ser destacado. De modo geral, essa flexibilidade acaba gerando economia e contribui para a produtividade do setor.

Desvantagens

1. Custo mais elevado

Apesar dos benefícios, a terceirização tem um custo mais elevado, principalmente quando se observa o fato do locatário pagar ao locador uma quantia que cubra seu investimento nos equipamentos, manutenção e, claro, uma margem de rentabilidade.

2. Menor poder de decisão

É sempre oportuno enfatizar que a terceirização retira parte do controle do gestor sobre os processos. A empresa contratada será a responsável por inúmeros processos e decisões e isso precisa ser analisado com responsabilidade.

Se você demanda um controle maior dos processos, talvez a terceirização não seja tão interessante. Entretanto, esses detalhes podem ser acertados no momento da assinatura do contrato, minimizando seus impactos negativos.

3. Maior dependência de outra empresa

Como sua empresa não dispõe de suas próprias empilhadeiras, existe uma dependência da empresa terceirizada. Isso faz com que existam riscos potenciais no contrato, especialmente quando não se tem o cuidado de contratar uma empresa séria e responsável.

Imagine os prejuízos que você pode ter caso a empresa demore para realizar manutenções nos equipamentos ou tenha uma frota de empilhadeiras antiga, por exemplo.

4. Riscos de danos no equipamento

Como última desvantagem, podemos dizer que a terceirização sua empresa poderá sofrer com danos nos equipamentos por utilização inadequada ou negligência do operador.

Além disso, as próprias condições do ambiente — como a existência de câmaras frias, pisos irregulares e exposição a produtos químicos — podem se tornar um sério problema para a integridade das máquinas.

Quais são os prós e contras de ter uma frota própria de empilhadeiras?

O outro lado da moeda é a aquisição de uma frota própria de empilhadeiras. Conforme dito, assim como a terceirização, esta opção também possui benefícios e malefícios que devem ser analisados e comparados com a opção anterior.

Vantagens

1. Menor custo operacional

Apesar da aquisição inicial necessitar de um bom capital, é interessante observar que essa escolha gera um custo operacional bem inferior à terceirização.

De maneira resumida, você não precisará arcar com o aluguel mensal das empilhadeiras e isso representa uma grande economia à empresa.

2. Agilidade e independência para decisões

O total controle sobre os processos é algo que traz mais agilidade à tomada de decisões. Isso é muito importante para o correto funcionamento do setor e, portanto, deve receber a devida atenção no momento da escolha.

3. Maior patrimônio da empresa

Com a aquisição de sua própria frota, seu negócio estará investindo, obviamente, em patrimônio, visto que está comprando equipamentos com grande valor de mercado e imprescindíveis para o funcionamento do setor.

Desvantagens

1. Capital imobilizado

Quando você adquire equipamentos caros, o capital imobilizado da empresa aumenta. Isso significa que valores que poderiam ser aplicados em áreas estratégicas ficarão presos e indisponíveis pela compra das máquinas.

2. Gastos podem variar

Gastos com manutenção podem ser previsíveis (quando são programados) ou imprevisíveis (no caso de algum equipamento quebrar). Nos dois casos, diferentemente do que ocorre na terceirização, a sua empresa é quem arcará com tais custos.

3. Maiores responsabilidades ao gestor

Com a aquisição de uma frota própria, todas as decisões ficam centralizadas nas mãos do gerente logístico, como o treinamento de funcionários, manutenção das empilhadeiras e a pesquisa de mercado para novas compras.

Como você percebeu, terceirizar ou não a frota de empilhadeiras é uma decisão que exige atenção e muita análise por parte do gestor. A opção ideal dependerá de inúmeros fatores e é definida com base em suas necessidades mercadológicas e possibilidades de investimento. Portanto, aproveite as informações aqui apresentadas para tomar uma decisão acertada!

Tem dúvidas sobre o assunto ou gostaria de conversar um pouco sobre as possibilidades para a sua empresa? Entre em contato conosco! Teremos o prazer em atendê-lo!

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Entre em contato, tire suas dúvidas!