• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

Contrato de manutenção full service para aumentar a produtividade da operação logística

17 de abril de 2018
Gestão de Frotas

A logística é um setor estratégico para qualquer negócio e, exatamente por isso, demanda de seus gestores uma tomada de decisões planejada. Dentre as diversas táticas para tornar o setor mais eficiente, o contrato de manutenção full service é uma das que mais contribuem para o alcance do objetivo.

Apesar de sua relevância, ainda existem dúvidas sobre o tema e isso acaba atrapalhando o aproveitamento de grandes oportunidades. É por essa razão que preparamos este post, com informações valiosas sobre o serviço, ajudando-o a entender melhor as vantagens que sua empresa poderá experimentar.

Se você tem interesse em aprender mais sobre o contrato de manutenção full service, não deixe de ler este material até o final!

O que é o contrato de manutenção full service?

Começando pelo mais básico, é muito importante que um gerente logístico compreenda tal conceito e, assim, visualize com mais facilidade como essa estratégia pode se transformar em um diferencial competitivo.

Em resumo, estamos lidando com um serviço completo. Ao contratar a manutenção full service, o cliente tem todo o suporte de manutenções preventivas e corretivas para seus equipamentos logísticos.

Por meio de SLAs determinadas pelo próprio gestor, é realizado todo o controle da frota de empilhadeiras e a geração de relatórios ao final de cada mês. Com isso, esse profissional tem sua agenda liberada para ações mais estratégicas, transferindo a responsabilidade pela gestão da frota ao parceiro.

Como funciona esse contrato?

É interessante que se observe que o contrato de manutenção full service é feito de maneira personalizada, já que cada empresa tem necessidades diferentes. Assim, em primeiro lugar é feita uma reunião com o gestor para definição das SLAs, como:

  • tempo de resposta em caso de falha nas máquinas;

  • quantidade de revisões a serem realizadas;

  • existência de técnico dedicado;

  • disponibilização de equipamento reserva durante a realização das manutenções.

Perceba que esses detalhes são imprescindíveis para os bons resultados do serviço, trazendo mais eficiência para a logística empresarial. Além disso, após a formatação e elaboração do contrato, é possível que ele seja autenticado e validado de maneira eletrônica — o que agiliza ainda mais o processo.

Quais os benefícios desse contrato?

Atualmente, um dos grandes desafios empresariais é conquistar uma logística eficiente e lucrativa (alta produção, com o menor gasto possível). Por ser a responsável por concretizar os esforços dos outros setores e atender diretamente as demandas dos clientes, é preciso muito cuidado com esses processos.

A decisão de recorrer a um contrato de manutenção full service pode ser entendida como uma solução inteligente para a questão. O gestor e o próprio setor acabam desfrutando de benefícios expressivos e que, naturalmente, refletem nos resultados da empresa. Acompanhe!

Maior especialização nas manutenções

Não há como negar que contar com especialistas é algo muito positivo para a operação do setor de logística. No caso de um contrato full service, a parte mais complexa da gestão de empilhadeiras é transferida a um especialista.

Obviamente, a experiência, conhecimento e habilidade para lidar com essas questões fazem toda a diferença no dia a dia do setor, trazendo mais estabilidade, agilidade e segurança às atividades.

Maior foco em questões essenciais

Quando se transfere essa enorme responsabilidade a um especialista, o gestor consegue se dedicar com tranquilidade às questões relacionadas à operação. O que se percebe, na prática, é que há a eliminação de preocupações e problemas que demandavam grande parte do seu tempo e atenção diariamente.

Aumento da vida útil das máquinas

Por estarmos lidando com serviços profissionalizados e altamente planejados, as máquinas acabam sendo mais conservadas. Em outras palavras, a empresa reduz muitos gastos com substituição de maquinário, pois a manutenção full service proporciona um aumento significativo na sua vida útil.

Redução do índice de equipamentos parados para manutenção

Ter equipamentos parados para manutenção é uma situação que compromete a produtividade do setor e dificulta o alcance dos objetivos. No entanto, a redução desse índice é mais um benefício proporcionado pela decisão de se recorrer a um especialista na área.

Redução de custos com manutenções

Todo gerente logístico sabe o quanto os processos e atividades do setor podem ser caros e comprometer boa parcela do orçamento empresarial. Mas quando a gestão dos equipamentos é feita de maneira responsável, o negócio deixa de sofrer com manutenções relacionadas à negligência e falhas, reduzindo gastos importantes.

Maior agilidade na tomada de decisão

Por fim, não há como deixar de citar os ganhos relacionados à rapidez na tomada de decisão. Por meio desse serviço, o gestor tem em mãos informações atualizadas e imprescindíveis à gestão do setor. Essa facilidade, dentre outras coisas, transforma o processo decisório em algo muito mais rápido e acertado.

Como fazer um contrato de manutenção full service?

Conforme dito, o objetivo principal de se assinar esse modelo de contrato é transferir qualquer demanda por manutenção de desgaste para uma empresa especializada. Naturalmente, isso traz mais profissionalismo ao processo e mantém o foco das manutenções na prevenção.

Mas como é feito um contrato de manutenção full service? Em primeiro lugar, é necessário realizar uma análise completa na frota. Essa primeira fase fornecerá dados relevantes para a elaboração do instrumento, como:

  • estado dos equipamentos;

  • histórico de manutenções;

  • ambiente em que as máquinas operam;

  • quantidade de turnos em que estão ativas.

Com esses dados em mãos, pode-se passar para a próxima etapa, que é a definição de quantas intervenções preventivas serão necessárias durante a vigência do contrato, bem como a realização de uma estimativa de manutenções corretivas.

Feito isso, mantém-se o foco na prevenção, com o estabelecimento de revisões detalhadas (que levam em consideração a avaliação já realizada no equipamento). Assim sendo, um especialista realiza a revisão e, em seguida, é feita a análise dos dados coletados.

É importante destacar que o contrato deve ter as obrigações definidas na proposta personalizada — KPIs, quantidade de revisões, existência de técnico dedicado, tempo de resposta em caso de emergência, por exemplo.

Além disso, pode-se determinar outras questões importantes, como a responsabilidade pelo descarte adequado de partes contaminadas com óleos e graxas e de lubrificantes retirados durante as manutenções.

Conforme visto, o contrato de manutenção full service é uma excelente opção para os gestores que almejam conquistar um setor mais eficiente e produtivo. Não há dúvidas de que firmar parceria com uma empresa especialista traz grandes vantagens ao cotidiano logístico, especialmente quando ela se refere à manutenção das máquinas — essenciais à produtividade de todo o negócio.

Se você se interessou por esse serviço e quer desfrutar de todas as vantagens apresentadas, basta entrar em contato com a Movimak. Estamos prontos para atendê-lo!

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Entre em contato, tire suas dúvidas!