• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

Guia prático da logística de varejos: principais tópicos!

28 de agosto de 2018
Baterias tracionárias

Você precisa comprar e armazenar os produtos, organizar as prateleiras da sua loja e mover as mercadorias de um canto para outro do estoque. Estão são atividades que fazem parte da logística de varejos.

Essa área ganha muita atenção em grandes indústrias, porém, também é um setor essencial no varejo, uma vez que uma boa gestão logística garante economia de custos operacionais, aumento da produtividade da equipe e satisfação do cliente final.

Portanto, entenda agora os principais aspectos da logística de varejo e aproveite todos os benefícios que uma boa gestão logística pode proporcionar para o seu negócio!

Gestão do estoque

Você precisa comprar diversos produtos para repor as suas prateleiras com frequência. Para isso, faz cálculos da quantidade e data de compra, além de administrar os prazos de validade para evitar desperdício.

Tudo isso — e mais um pouco — faz parte da gestão de estoque no varejo. Esse é o processo de controle do fluxo de mercadorias dentro da sua empresa, tanto na entrada quanto na saída de produtos.

Portanto, é por meio da gestão de estoque que você calcula quais produtos você possui dentro do seu armazém e na sua loja, quais são aqueles que devem ser solicitados aos fornecedores, qual a demanda por determinada mercadoria todos os meses e qual o preço de compra e venda dos seus produtos.

Nesse aspecto, é essencial que você controle com cuidado todos os produtos que entram e saem do seu estoque e da loja. Dessa forma, você é capaz de ter dados sempre atualizados sobre a quantidade de itens de cada um dos seus produtos, necessidade de realizar pedido para fornecedores e a demanda para os clientes.

Você também pode adotar metodologias de gestão de estoque eficazes para controlar o valor do seu patrimônio armazenado e a melhor forma de controlar o fluxo de mercadorias da sua empresa. Essas ferramentas permitem que você tenha consciência sobre o valor do seu estoque, embasam a precificação dos produtos e ainda auxiliam no planejamento do fluxo de entrada e saída de mercadorias. O LIFO e FIFO são dois exemplos de metodologias eficientes para gestão do estoque.

Armazenagem de mercadorias

Você também precisa armazenar mercadorias no seu estoque, uma vez que nem todas vão para as prateleiras logo que chegam do fornecedor. Portanto, esse é outro aspecto essencial da logística de varejos.

É nesse tópico que você define o layout de armazenagem do seu estoque, ou seja, onde cada uma das mercadorias deve ficar guardada. Além disso, você controla as condições de armazenagem, recebimento de produtos, separação de pedidos e documentações relacionadas a esses processos.

Além disso, é aqui que você controla a forma como as mercadorias devem ficar expostas na sua prateleira, com a finalidade de chamar a atenção de clientes e impulsionar as suas vendas.

Para isso, é importante ter uma visão global sobre o tamanho do seu estoque e a melhor forma de distribuir as mercadorias dentro desse espaço, de forma a facilitar a armazenagem e retirada de produtos por parte dos seus colaboradores. Eles também devem ter consciência sobre a organização correta e atuar como parceiros na hora de manter a armazenagem de mercadorias em dia, evitando desperdícios ou esquecimento de produtos.

Você também deve investir em técnicas de merchandising de PVD para auxiliar na distribuição das mercadorias na sua loja. Dessa forma, os seus produtos atraem a atenção de mais clientes, aumentando a probabilidade de serem adquiridos durante a compra.

Segurança das mercadorias

Na sua empresa é necessário também investir na prevenção de acidentes e danos às suas mercadorias, assim como na proteção dos produtos contra variações climáticas e roubos. Tudo isso faz parte da segurança de mercadorias, um dos tópicos da logística de varejos.

Isso porque as suas mercadorias fazem parte do patrimônio da empresa, sendo que garantir a segurança desses produtos é essencial para manter a saúde financeira do negócio. Portanto, invista em tecnologias que protejam o estoque da empresa contra roubos, furtos ou ação de pessoas mal-intencionadas.

Além disso, cuide da estrutura física do local em que você armazena os seus produtos. É importante proteger as suas mercadorias contra danos e ações climáticas, para evitar a perda de produtos. Também invista em detectores de incêndio e ferramentas para proteção contra a chuva e alagamentos, assim como sistemas de ventilação modernos e eficientes de acordo com as suas necessidades.

Movimentação de produtos

Você também precisa movimentar os seus produtos o tempo todo, tanto dentro quanto fora do estoque. O processo de levar a mercadoria até o local em que ela ficará armazenada, entrega de produtos no domicílio dos clientes e transportar produtos até as suas prateleiras fazem parte do tópico de transporte de mercadorias da logística de varejos.

É aqui que entra a gestão e controle das suas empilhadeiras para armazenagem e retirada de mercadorias, os seus serviços de entrega em domicílio, a forma como você leva os produtos do estoque à sua loja física, entre outros processos. Ou seja, toda a cadeia de transporte da sua empresa.

Investir em equipamentos modernos e na manutenção preventiva do seu maquinário é essencial nesse aspecto. Isso porque, caso contrário, você corre o risco de danificar os seus produtos devido ao transporte realizado de maneira incorreta.

Além disso, você pode investir em veículos de carga e ferramentas de controle de rotas e rastreamento, para melhorar o controle da sua empresa sobre a movimentação de produtos. Dessa forma, você consegue planejar os seus processos com mais eficiência e reduzir custos com a movimentação.

Investir na logística de varejos é essencial para o sucesso da sua empresa. Assim, você é capaz de aumentar a eficiência dos processos internos da sua empresa, reduzir custos operacionais e oferecer serviços e produtos com mais qualidade para os seus clientes. Com isso, você cria um diferencial competitivo para o negócio e aumenta as suas chances de sucesso!

Gostou do conteúdo? Aproveite para compartilhar este artigo com os amigos em suas redes sociais. Assim, você propaga conhecimento e melhora os negócios das pessoas ao seu redor!

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Entre em contato, tire suas dúvidas!