• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

Intralogística: o que é, benefícios e mais!

27 de abril de 2018
Gestão de Frotas

A movimentação de mercadorias é uma das atribuições da logística. Por isso, quando se pensa em seus processos, é natural que se associe a área a transportes externos (por vias rodoviária, marítima, aérea e fluvial). Esse setor, entretanto, é muito mais complexo do que isso.

Dentro das empresas, a logística também tem um papel importante. Chamada de intralogística, é como uma ramificação do departamento e trata da movimentação mais ágil de materiais dentro de armazéns, unidades fabris e centros de distribuição.

Para isso, controla todo o fluxo de armazenamento de matérias-primas, materiais e produtos acabados em estoque — e, de quebra, ainda garante um melhor aproveitamento do tempo útil. Quer saber mais sobre ela? Continue a leitura!

Qual o objetivo da intralogística?

De forma simplificada, o objetivo da intralogística é cuidar da estrutura interna da companhia. Ela deve, portanto, atender às necessidades dos colaboradores para que eles tenham as condições ideais de trabalho — de forma que o produto final tenha a qualidade esperada.

Assim, a intralogística entra em ação para garantir a distribuição eficiente dos insumos que permitem que a empresa funcione. A ideia é garantir fluxos de negócios mais ágeis e eficientes, já que ela é um dos pilares que asseguram a sustentação dos negócios e a imagem da marca.

Ela abrange o planejamento, a implementação e a gestão eficiente e econômica da movimentação de materiais em armazéns, unidades fabris e centros de distribuição. É conhecida, ainda, como logística de armazenamento e movimentação de materiais ou logística in-house.

Quais as vantagens da intralogística?

A intralogística está cada vez mais em alta e tem se beneficiado da tecnologia. Com o uso de dispositivos como coletores de dados por código de barras e por comando de voz, e etiquetas inteligentes, por exemplo, a técnica assegura o andamento eficiente de processos internos. Veja, a seguir, algumas das vantagens de usá-la!

Produtividade

O mapeamento dos processos e da sua importância dentro da organização ajuda a saber como suprir as necessidades de cada setor. Assim, é possível aproveitar, de forma mais eficaz, o trabalho desempenhado pelos profissionais em cada atividade.

Redução de custos

Quando é bem administrada, a logística reduz custos: afinal, tudo o que for desnecessário e supérfluo fica evidente. Isso porque, ao compreender melhor os fluxos internos da organização e aplicar os recursos certos, é possível otimizá-los com investimentos mais específicos.

Otimização

Com os processos bem organizados, fica mais fácil usar a infraestrutura interna da companhia da melhor forma possível para obter resultados otimizados. Com isso, o desempenho nas atividades progride.

Visão estratégica

Com a produtividade em alta, custos menores e processos mais eficientes, a empresa passa a ter uma visão mais clara da operação. Com essas informações em mãos, dá para saber, com precisão, quando e em quê vale a pena investir.

Competitividade

Com todos esses aspectos atuando em conjunto, a organização se fortalece e ganha condições mais competitividade perante a concorrência.

Em resumo, a intralogística busca atender os clientes internos com agilidade por meio do controle de processos, produtos, materiais e matérias-primas. Com ela, a organização pode, então, se sobressair em seu setor de atuação!

Gostou deste conteúdo? Assine nossa newsletter e receba mais informações sobre esse e outros temas diretamente no seu e-mail. Até a próxima!

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Entre em contato, tire suas dúvidas!