• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

Indicadores de performance de manutenção de empilhadeira

Você conhece os indicadores de performance de manutenção de empilhadeira? O setor varejista precisa de ferramentas específicas para desempenhar as suas atividades com qualidade. Quem não utiliza os equipamentos corretos — ou tenta improvisar — sempre acaba em maus lençóis. Isso acontece porque os trabalhos logísticos não abrem brechas para falhas. Portanto, tudo deve ser muito bem planejado e realizado.

É muito importante considerar diversas questões, como as formas de armazenamento e as técnicas aplicadas pelos usuários. Nessas horas, as empilhadeiras de sua empresa merecem toda a atenção possível.

Elas são responsáveis pelo transporte de mercadorias com segurança e pela eficiência no ambiente de trabalho. Quando algum desses elementos apresenta problemas, todo o planejamento de entregas pode ser colocado em risco.

Por esse motivo, é essencial conhecer os indicadores de performance de manutenção de empilhadeira, analisando-os corretamente. Este post mostrará tudo que você precisa saber sobre o assunto. Confira a seguir.

Por que as empilhadeiras falham?

Assim como todas as outras máquinas, as empilhadeiras estão sujeitas a falhas. Inúmeras situações podem acontecer em sua empresa, seja pela falta de perícia do trabalhador, seja pela ausência de manutenção preventiva. Como cada caso precisa ser analisado separadamente, não é possível determinar uma regra.

Porém, as falhas que mais geram dores de cabeça são:

Empilhadeiras elétricas

O corpo humano precisa de energia para manter os sistemas funcionando, não é mesmo? Com isso, é essencial mantê-lo bem alimentado, fornecendo os nutrientes necessários para cada atividade.

Tomando as devidas proporções, as empilhadeiras elétricas funcionam de forma similar. Elas utilizam as baterias para operar, então, quando a fonte de energia elétrica não está em condições apropriadas, diversas falhas podem ocorrer nos dispositivos eletrônicos. Em situações mais graves, fusíveis queimam e graves danos são provocados no motor.

Outros pontos importantes estão relacionados à falta de manutenção de empilhadeira e à realização de procedimentos incorretos.

Empilhadeiras a combustão GLP

Esse tipo de equipamento tem como fonte de energia o gás liquefeito de petróleo (GLP). Os principais problemas são fomentados pela ausência de regularidade de troca dos filtros decantadores e dos redutores de gás. Essas questões acontecem porque o combustível tem muitas impurezas e acaba sujando o motor.

Exemplos clássicos mostram que um motor que não recebe manutenções perde cerca de 50% de sua durabilidade. Essas questões acontecem quando os lubrificadores não são trocados a cada 250 horas também.

Não manter o radiador com aditivo à base de etileno glicol pode comprometer o sistema de arrefecimento e aumentar a temperatura de trabalho do motor.

Além de tudo, a falta de lubrificação dos eixos de direção, da torre de elevação e de todos os outros componentes do equipamento provoca o desgaste precoce das articulações.

Quais são as principais consequências desse fato?

Diversos riscos surgem quando são utilizadas empilhadeiras que apresentam falhas frequentemente. O problema mais grave se apresenta na forma de prejuízos financeiros por causa dos altos custos de manutenção corretiva. Isso acontece porque paralisações e acidentes ocorrem quando você menos espera. Como consequência, os trabalhadores se machucam e a infraestrutura do local pode ser danificada.

No final das contas, o planejamento não é alcançado e é preciso gastar mais do que o necessário com a reforma de motores e a compra de novas peças, por exemplo. O não cumprimento dos prazos não pode ser esquecido também. Quem não tem bons equipamentos não é capaz de atender às demandas dos clientes.

O que envolve os serviços de manutenção de empilhadeira?

Como um gerente de logística, você precisa controlar muito bem a gestão do estoque, certo? Nessas horas, é preciso ter um planejamento de manutenção de empilhadeira adequado às necessidades do negócio. Quanto maior for o número de equipamentos, mais atenção você deve ter em suas decisões.

O primeiro passo é programar manutenções preventivas. Elas ajudam a detectar, solucionar e eliminar falhas antecipadamente e aumentam a vida útil do equipamento. Tanto os modelos a combustão quanto os elétricos precisam ser monitorados de perto.

Você pode criar um check-list técnico com todos os itens que devem ser revisados, com sugestões de ajustes e substituições de componentes pré-determinadas. As trocas de filtros de ar e de decantação do combustível, de lubrificantes dos motores, das transmissões e dos componentes do sistema hidráulico são exemplos que não podem faltar em seu planejamento.

Tenha em mente que é melhor resolver um problema de vibração do motor, por exemplo, enquanto ele ainda está em estágio inicial. Quando nada é feito, a empilhadeira pode parar de funcionar a qualquer momento — e isso é extremamente prejudicial.

O treinamento de funcionários é importante?

Sim. Colaboradores bem capacitados sabem manusear as suas ferramentas de trabalho com precisão. Cada operador deve saber utilizar as empilhadeiras com maestria, evitando improvisações e manobras erradas. Além de melhorar a qualidade do trabalho, essa medida ajuda a aumentar o tempo de uso da ferramenta.

Portanto, crie um cronograma de treinamento constante de todos os membros de sua equipe.

Quais são os melhores indicadores de performance?

A análise de resultados é uma prática que melhora o gerenciamento da frota. Assim sendo, você consegue identificar problemas e ver quando a estratégia utilizada apresenta bons números.

Os processos de manutenção de empilhadeiras devem ser baseados em informações concretas, que condizem com a realidade do seu negócio. Por isso, você deve acompanhar de perto os seguintes indicadores de performance:

Disponibilidade média mensal

Uma empilhadeira parada representa grandes perdas para a empresa. Nessas situações, os funcionários não conseguem realizar os serviços e as mercadorias não são transportadas. Dessa forma, a média de disponibilidade mensal abaixo de 90% indica que é preciso realizar uma análise minuciosa. Valores abaixo de 80% evidenciam a necessidade de troca ou reforma também.

Custo médio mensal de manutenção

Há algo de errado em sua empresa quando os gastos com manutenção de empilhadeira são maiores que os valores estipulados no planejamento. Ao se deparar com essa situação, você precisa analisar todos os eventos, a fim de encontrar as suas causas.

Após isso, você tem as informações necessárias para propor soluções e garantir agilidade nos processos. Se uma empilhadeira apresenta vários problemas em um curto intervalo de tempo, pense em realizar uma reforma completa ou considere a compra de um novo instrumento.

Apenas fique atento para não reduzir o capital disponível no setor e descubra um equilíbrio sadio para esses custos mensais.

A manutenção de empilhadeira é um assunto muito importante. Todas as suas decisões devem ser realizadas a partir da performance dos equipamentos da empresa. Por isso, acompanhe de perto os indicadores.

E então, gostaria de encontrar os melhores produtos logísticos? Basta entrar em contato com a nossa empresa! Vamos lá!

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Entre em contato, tire suas dúvidas!