• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

Metodologia lean six sigma: o que é e como se aplica à logística

15 de novembro de 2018
Gestão em logística

Você quer uma logística de excelência na sua empresa, não é mesmo? Para isso, é essencial que você esteja sempre atento às novas metodologias e tendências da área. Dessa forma, é capaz de atualizar processos e melhorar a eficiência do setor, criando um diferencial competitivo que pode levar o negócio ao sucesso.

É aí que entra a metodologia lean six sigma, como uma maneira de diagnosticar problemas e criar planos de ação para eliminá-los, atuando na melhoria contínua da área. Quer saber mais sobre o que é essa tendência da logística e como implementá-la na sua empresa? Então leia este artigo agora mesmo e descubra!

O que é a metologia lean six sigma?

A metologia lean six sigma foi desenvolvida na década de 80 com o objetivo de levar a qualidade total para os processos da empresa. Os seus focos são a redução de desperdício, eliminação de erros, melhoria dos processos — tanto em eficiência quanto em qualidade — e, consequentemente, aumento dos lucros.

Ela é constituída de alguns passos fundamentais, que funcionam de maneira cíclica. Ou seja, a metodologia é aplicada de forma contínua na empresa, seguindo um passo após o outro, de forma a visar sempre a melhoria dos processos da empresa.

Além disso, ela pode ser aplicada em qualquer setor ou departamento da empresa, sendo a logística um dos que se beneficiam do uso da metodologia. Descubra agora como essa metodologia pode ser aplicada na área.

Quais são as fases do lean six sigma na logística?

A metologia lean six sigma tem fases pré-definidas para a sua implementação. São elas: definir, mensurar, analisar, melhorar e controlar. Entenda agora cada uma e descubra como colocá-las em prática na logística da sua empresa.

Definir

A primeira fase da metodologia consiste em definir os principais objetivos e processos a serem implementados para gerar a melhoria. Isso significa que você precisa estudar a área para entender quais serão os focos que a lean six sigma assumirá dentro da empresa, em um determinado momento.

No caso da logística, pode ser que você perceba que deve focar na movimentação de cargas dentro do estoque, ou no transporte de mercadorias até o cliente final, por exemplo.

Para isso, podem ser utilizadas algumas ferramentas-chave como fluxograma da área, pesquisa de mercado, pesquisa de satisfação dos clientes, entre outros.

Mensurar

Após a definição dos objetivos do projeto, é a hora de coletar dados e mapear os processos da área de logística da empresa. Essas informações serão o insumo para que você seja capaz de, não apenas identificar o problema, mas descobrir também as suas principais causas que devem ser solucionadas pela lean six sigma.

Outra atividade muito importante nesse momento é a definição das métricas a serem utilizadas para avaliar a evolução do projeto, ou seja, indicadores-chave para o setor. A partir dessa definição, deve-se coletar os dados relacionados a cada uma dessas métricas antes mesmo de passar para o próximo passo da metodologia.

Isso porque é essencial entender qual a situação atual da área de logística da empresa e, futuramente, quais foram os impactos da lean six sigma no setor.

Analisar

Com os dados em mãos, é hora de realizar análises de qualidade para transformar essas estatísticas brutas em informações úteis, capazes de direcionar a tomada de decisão. Você pode utilizar algumas metodologias, como teste de hipóteses, ou até mesmo Big Data.

Para entender melhor esse processo, imagine que você definiu como foco a movimentação de materiais dentro do estoque e o transporte de produtos até o consumidor final. Na segunda fase, de mensuração, levantou dados e mapeou os processos específicos da área. Portanto, nesse momento, deve analisar esses dados para que seja possível criar planos de ação eficientes de forma a solucionar os problemas encontrados.

Com isso, você pode descobrir, por exemplo, problemas nas rotas de logística da empresa, além de dificuldades na movimentação de mercadorias que geram danos aos produtos e atrasos nas entregas.

Melhorar

Essa é a fase de implementação dos planos de ação. Isso significa que é a hora de colocar as soluções em prática dentro do setor de logística da empresa.

Para isso, é importante que você crie um passo a passo de implementação, defina um cronograma e responsáveis. Ao seguir esse planejamento, é possível intervir de forma a melhorar os processos como um todo e, com isso, aumentar a eficiência e qualidade do setor de logística da empresa.

Controlar

Antes de terminar o projeto de implementação da metodologia lean six sigma, é essencial que você garanta a continuidade das melhorias implementadas. Portanto, esse é o momento de revisar o mapeamento de processos realizado inicialmente para acrescentar as novas formas de realizar as atividades geradas durante o uso da metodologia.

Isso porque é preciso colocar os planos de ação em prática a longo prazo e garantir que eles estão tendo os efeitos esperados.

Nesse momento, você também deve mensurar resultados de acordo com os indicadores-chave criados anteriormente. Ao comparar os resultados finais com os anteriores, você é capaz de identificar o que deu certo e o que não funcionou como esperado. A partir desses dados, pode realizar modificações de forma a potencializar as melhorias implementadas no setor de logística da empresa.

Como a metodologia lean six sigma pode impactar a logística da empresa?

A metodologia lean six sigma traz uma série de benefícios para a sua empresa como um todo. Em primeiro lugar, ela permite a melhoria de diversos processos da área, aumentando a eficiência do setor de forma a gerar mais e melhores resultados para a empresa como um todo.

Além disso, essa metodologia é cíclica, ou seja, ela deve ser implementada de tempos em tempos na empresa, de forma a visar uma melhoria contínua do setor de logística do negócio. Dessa maneira, ela impacta a cultura da empresa como um todo, direcionando todos os colaboradores para resultados reais e palpáveis, além de levar a empresa para a constante busca pela qualidade total.

Isso impacta também no valor gerado para o cliente final. Com processos otimizados e melhores, você oferece serviços de qualidade para os clientes. Com isso, é capaz de aumentar a satisfação do consumidor, atraindo e fidelizando cada vez mais pessoas à sua marca.

A metodologia lean six sigma é uma tendência que invadiu o setor de logística e veio para ficar. Ao implementá-la na sua empresa, você é capaz de atuar na melhoria de processos e garantir a qualidade dos serviços oferecidos aos clientes. Com isso, cria um diferencial de mercado, potencializando a eficiência e os lucros do negócio.

Que tal continuar se atualizando sobre as novas tendências da logística? Leia agora mesmo o nosso próximo artigo e descubra como a logística 4.0 pode impactar o seu negócio!

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Entre em contato, tire suas dúvidas!