• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

ISO de logística: conheça as principais e saiba como implementá-las

25 de setembro de 2019
Gestão em logística

Certamente você já ouviu falar sobre a ISO e a ABNT. Essas normas são responsáveis por regulamentar os processos empresariais, permitindo que negócios dos mais diversos mercados estejam atuando dentro das melhores práticas de segurança e performance.

Dentro desse universo de regras e normas, também está o mercado de logística e armazéns: existem opções direcionadas para diferentes segmentos, como ISO de logística.

Quer entender mais sobre como funcionam essas regulamentações e quais são seus benefícios dentro das empresas? Continue a leitura.

O que é ISO?

O ISO é um instituto responsável por desenvolver normas, certificações e testes para aprimorar o comércio de bens e serviços.

A sigla significa Organização Internacional de Normalização, ou International Organization for Standardization, em inglês.

O órgão trabalha com 163 países, que participam dos projetos desenvolvidos e promovidos pelo instituto. No Brasil, a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) é um dos membros mais atuantes de todo o grupo.

A padronização das normas é fundamental para garantir a segurança e o bom funcionamento dos diversos segmentos do mercado. E isso também se aplica à logística e ao armazenamento.

As ISOs regularizam os mais diversos tipos de ações no mercado, e, por isso, é preciso que você conheça aquelas que mais se adequam à realidade do seu negócio.

ISO de logística: quais são as principais?

Existem vários tipos de ISO. Para o mundo da logística, no entanto, são três os mais importantes para uma boa gestão.

Entenda como a ISO 28000, ISO 9001 e ISO 30300 impactam no dia a dia da sua empresa e como podem transformar a sua rotina de trabalho.

1. ISO 28000

A ISO 28000 foi lançada, em 2010, no Brasil e é responsável por regulamentar um “Sistema de Gestão da Segurança da Cadeia Logística”, otimizando, assim, a atuação das empresas na área.

Mesmo antes do lançamento da ISO 28000, várias empresas já executavam algumas das recomendações previstas nessa norma, mas não da forma sistematizada que o órgão propõe.

Quando pensamos em toda a cadeia logística, a segurança se torna um dos pontos mais críticos.

Para lidar com isso, é necessário fazer um bom gerenciamento de riscos, com controle de etapas da cadeia logística e monitoramento da carga armazenada ou que será transportada.

A ISO 28000 traz, além da segurança da carga, vários outros benefícios para as empresas. São alguns deles:

  • reduz os riscos nas operações;
  • otimiza a gestão de riscos;
  • permite o cumprimento das políticas de segurança dentro da empresa;
  • aumenta os índices de satisfação de clientes;
  • facilita a comunicação com fornecedores e consumidores;
  • pode influenciar no aumento do faturamento;
  • auxilia no cumprimento de regulamentações e leis federais, estaduais e municipais.

2. ISO 9001

A ISO 9001 é responsável pela certificação de Sistemas de Gestão de Qualidade. Por isso, define quais são os requisitos para a implementação de um sistema.

Essa norma foi elaborada pelo Comitê Técnico Qyality Mangement and Quality Assurance (ISO/TC 176).

Ela é fundamental para trazer a confiança para os clientes de que os produtos e serviços prestados pela empresa foram criados de modo constante e seguro, adquirindo a qualidade necessária e esperada pela empresa e por seus consumidores.

Empresas públicas e privadas dos mais diversos segmentos e tamanhos podem conquistar a certificação baseada na ISO 9001.

Esse documento trará um conjunto de boas práticas para garantir que a gestão da empresa siga da melhor forma possível.

Empresas certificadas pela ISO 9001 podem aplicar a ferramenta de qualidade — o ciclo PDCA — permitindo que as empresas apliquem os princípios da gestão de qualidade.

São eles:

  • foco no cliente;
  • liderança;
  • abordagem de processo;
  • abordagem sistêmica para a gestão;
  • envolvimento das pessoas durante o processo;
  • melhoria contínua;
  • abordagem factual para a tomada de decisões;
  • benefícios mútuos nas relações entre fornecedores.

3. ISO 30300

A ISO 30300 é responsável por normalizar a gestão de documentos de arquivo. Ela permite o uso dos sistemas de gestão de documentos e arquivos, chamados SGDAs, tornando as empresas capazes de trabalhar de forma organizada.

Nessa norma, é estabelecido o que é necessário para manter um sistema de gestão de documentos, e a implementação da ferramenta é comumente realizada por meio de um projeto.

Por que a ISO de logística é importante?

A ISO de logística é fundamental para que você consiga garantir a segurança da carga que está armazenada ou sendo transportada.

Além disso, também é possível:

  • reduzir os índices de risco dentro do seu negócio;
  • aumentar a segurança dos seus colaboradores;
  • melhorar os processos internos e evitar o desperdício de tempo e dinheiro;
  • manter-se dentro das normas estabelecidas a níveis municipal, estadual e federal;
  • aumentar a produtividade da empresa;
  • melhorar a qualidade de trabalho dos colaboradores; 
  • aumentar a credibilidade da sua empresa com certificações;
  • melhorar a relação com seus fornecedores.

Como implementar a ISO dentro da sua empresa?

Para implementar a ISO dentro da sua empresa, é preciso acompanhar os documentos de cada uma das normas e visualizar os processos atuais do seu negócio.

Analise cada um desses detalhes e veja como eles se adequam à realidade das ISOs que serão implementadas: o que precisa ser melhorado? O que precisa ser excluído? O que pode ser mantido?

Tendo isso em mente, é preciso fazer todos os ajustes necessários.

O segredo, nesse momento, está na comunicação junto aos seus colaboradores e fornecedores: é preciso que eles estejam cientes das necessidades de mudanças e como esses novos processos ajudarão a sua empresa a alcançar resultados maiores e diferenciados.

Uma vez que todos os envolvidos no seu processo estão de acordo e devidamente alinhados com as novas normas regulamentares, é necessário manter uma rotina de monitoramento.

Entender o que é a ISO de logística e qual a importância desse investimento para a empresa é fundamental.

Como explicado ao longo do conteúdo, existem vários benefícios trazidos por cada uma dessas ISOs. Para usufruir de cada um deles, é preciso que a sua empresa se adeque a essas normas e seja capaz de entregar maior segurança para seus colaboradores.

Gostou do conteúdo ou tem alguma dúvida? Deixe um comentário.

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Nossas unidades

Temos unidades em 4 Estados

RIO GRANDE DO SUL

Berto Círio, 158,
São Luis - Canoas/RS

(51) 3785-4944

SANTA CATARINA

Rodovia José Carlos Daux,
4150 Florianópolis/SC

(48) 4042-2779

PARANÁ

Av. Cândido de Abreu, 776
Curitiba/PR

(41) 4042-3009

SÃO PAULO

Rua Sgt Alcides Oliveira, 549
São Paulo/SP

(11) 3230-6774