• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

Código SKU: entenda o que é e como usá-lo na gestão de estoque

19 de fevereiro de 2019
Gestão de estoques

As atividades logísticas, principalmente as voltadas ao estoque, tendem a se tornar mais complexas à medida que as empresas crescem. É uma operação importante, já que qualquer falha que ocorra pode comprometer as entregas ao cliente final.

Para evitar tais erros, a tecnologia busca criar formas de trazer a simplificação para os processos. O código SKU é um exemplo de ferramenta que surgiu com o objetivo de facilitar e agilizar as operações logísticas de estoque.

Controlar o estoque, principalmente quando a empresa dispõe de um grande número de mercadorias, pode ser uma tarefa difícil e que consome bastante tempo da equipe responsável. Monitorar esses produtos de forma manual pode trazer riscos para a operação toda, já que aumenta a possibilidade de ruptura de estoque.

Além disso, o não atendimento da demanda de um cliente é um dos maiores erros que uma empresa pode cometer. O código SKU pode te ajudar a descomplicar a tarefa de controle de estoque e melhorar a administração interna, de modo a aprimorar a operação. Continue a leitura e saiba mais!

O que é código SKU

A sigla SKU quer dizer Stock Keeping Unit, ou Unidade de Manutenção de Estoque. Ou seja, é uma ferramenta que tem a finalidade de auxiliar o monitoramento de estoque. O SKU é um código composto de números e letras, que funcionam como a identidade do produto dentro da empresa.

O código SKU deve trazer em sua numeração algumas informações sobre o produto, o que torna mais simples a sua identificação. As informações contidas podem ser:

  • tamanho do material;
  • cor;
  • tipo de produto;
  • quem fabricou;
  • tipo de produto;
  • embalagem.

Com essa referência, o produto pode ser encontrado facilmente dentro do armazém, os inventários podem ser feitos com mais agilidade e assertividade, todas as operações relacionadas à saída e entrada dos materiais na empresa podem ser vinculadas a essa identidade, trazendo inúmeros benefícios.

Quais são os principais benefícios do código SKU

Definir uma padronização dos produtos

Ao definir um código para cada produto, a empresa está os classificando. Dessa forma, haverá uma hierarquia de numeração, o que faz com que as mercadorias estejam padronizadas.

A padronização pode facilitar a comunicação interna da empresa e a organização dos produtos, tanto na armazenagem quanto durante a separação e expedição das mercadorias.

Facilitar a comunicação interna

Os departamentos trabalham de forma conjunta para atingir o objetivo final da empresa e melhorar os resultados. Contudo, certos departamentos têm mais contato com os produtos do que outros, o que pode dificultar a comunicação.

A comunicação será melhorada porque todos vão falar a mesma língua. Por exemplo, quando o setor de vendas pedir para que a expedição envie determinada mercadoria, o código deverá ser utilizado para não haver falhas ao enviar um produto a um cliente. Isso tende a reduzir substancialmente o risco de erros de envio para os consumidores finais.

Aumentar a agilidade na gestão de estoque

A economia de tempo e o aprimoramento do controle do estoque são alguns dos melhores benefícios que o SKU proporciona para uma empresa. Com a leitura dos códigos, a organização do estoque se torna mais eficiente.

Por esse motivo, a localização dos materiais dentro do armazém é feita de forma mais rápida, os inventários são realizados mais precisamente e a expedição ocorre com menos erros, uma vez que todos vão tratar dos mesmos códigos.

Como implementar o código SKU

Escolha informações relevantes

É importante que o código SKU possa ser aplicado igualmente a todos os produtos que a empresa tem em seu estoque. Antes de criar um, verifique quais são as características mais relevantes de cada produto.

Por exemplo, a cor de um produto em uma empresa que trabalhe no ramo de vestuário é uma informação relevante e que pode ser aplicada em qualquer item que a loja vá comercializar.

Crie códigos lógicos

Criar códigos que seguem uma lógica de composição e possam ser decifrados rapidamente pelas pessoas que monitoram o estoque é essencial para que o objetivo de agilizar os processos seja atingido.

Continuando o exemplo da empresa de vestuário. Digamos que você queira criar um código para uma coleção de camisetas que acabou de chegar. Uma camiseta do fabricante X, da coleção número 10, modelo gola V, que seja do tamanho 12 e da cor branca, poderia ser nomeada como: CX-10-GV-12-BRA.

Sendo assim, todos os outros produtos devem seguir a mesma lógica e sequência: fabricante, coleção, modelo, tamanho e cor. Para alguém de fora da empresa, essa sequência não terá significado, porém, para a equipe que trabalha com os códigos diariamente, o SKU será comum.

Mantenha um código para cada material

Cada código SKU deve ser único, como cada número de identidade é para cada pessoa. O gestor dos estoques precisa dar bastante atenção a esse ponto. Isso porque ter mais de um produto com o mesmo código pode resultar em divergências e ruptura no estoque, resultando em problemas na distribuição das mercadorias compradas.

Para produtos que sejam apenas a evolução de outras mercadorias que a empresa já comercializa, no código SKU podem ser acrescentadas outras informações, adicionando-se o número 1 ou a letra A depois da sequência principal, por exemplo.

As atividades de estoque, ainda que não tenham contato direto com o cliente, são a ponte para a entrega da mercadoria vendida. Qualquer problema que ocorra nesta operação, pode comprometer a distribuição do produto. As decisões tomadas relacionadas a tais operações devem estar no âmbito estratégico da empresa.

O código SKU é uma tecnologia simples e que agrega valor às atividades de estoque, reduzindo o tempo gasto com inventários, melhorando o controle e diminuindo as falhas internas. Dessa forma, é um excelente exemplo de ferramenta a ser aplicada em uma empresa que trabalha com estoque, uma vez que não é muito custosa e aprimora a operação como um todo.

Nosso conteúdo te ajudou a entender sobre o código SKU? Então siga nossa página do Facebook para receber mais conteúdos como esse direto no seu feed!

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Entre em contato, tire suas dúvidas!
[recaptcha]