• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

5 cuidados para manutenção de câmara fria

13 de novembro de 2018
Gestão em logística

A câmara frigorífica é um equipamento essencial para a manutenção dos alimentos de uma empresa. Por isso, a manutenção da câmara fria – como também é chamada, é tão importante. Defeitos nessa máquina podem gerar uma série de transtornos e prejuízos para a sua empresa.

Quer saber como realizar a manutenção de câmara fria na sua empresa e aumentar a durabilidade e performance desse equipamento? Leia este artigo e descubra 5 dicas.

1. Fique atento à temperatura

O objetivo da câmara fria é manter a temperatura adequada de armazenamento para os alimentos. Dessa forma, para um bom funcionamento do equipamento a longo prazo, é essencial estar atento a esta variável.

Por isso, é importante verificar a temperatura da sua câmara fria aproximadamente 3 vezes por dia. Isso garante que os materiais colocados estão sendo armazenados nas condições ideais, evitando a perda de produtos. Essa ação também permite a identificação de pequenas falhas mecânicas, que ocasionam variações constantes da temperatura. Com isso, você é capaz de intervir antes que o problema cause ainda mais complicações para o equipamento, inviabilizando o uso.

Além disso, também é necessário ficar atento à temperatura dos alimentos colocados na câmara fria, tanto na entrada quanto na saída. Se um alimento muito quente for armazenado, haverá uma perturbação no equilíbrio da câmara e o motor precisará trabalhar mais para que a temperatura ideal seja atingida novamente. Isso sobrecarrega a máquina, o que também pode gerar problemas mecânicos.

Verificar a temperatura dos materiais armazenados quando são retirados da câmara é um outro indicador da qualidade de funcionamento do equipamento. Caso os produtos saiam em uma temperatura acima da esperada, você deve revisar a forma de armazenagem e o motor da câmara para identificar possíveis falhas.

2. Cuide do layout de armazenagem

Quando você armazena produtos no seu estoque, precisa ficar atento para distribuí-los de forma adequada no espaço, garantindo o acesso às mercadorias e evitando danos. Na câmara fria a situação é semelhante.

Portanto, na hora de armazenar os alimentos no equipamento, planeje um layout de armazenagem adequado, para que todos os produtos fiquem bem distribuídos e de fácil acesso. Para isso, vale a pena incluir prateleiras, estrados e estantes. Também é importante ficar atento com a capacidade máxima do equipamento, não excedendo-a em nenhum momento para evitar desgastes no motor.

Na hora de armazenar produtos, preste atenção também nas saídas de ar dos evaporadores. Elas nunca devem ser obstruídas por nenhum tipo de material, pois isso faz com que a câmara não atinja o desempenho esperado e ainda força o motor do equipamento. Portanto, na hora de planejar o layout de armazenagem, leve esse elemento em consideração.

3. Não deixe a porta aberta

Muitas vezes, na hora de colocar ou retirar produtos da câmara fria, pode ser que a porta fique aberta por mais tempo do que o necessário. Isso traz uma série de problemas para o funcionamento da máquina e conservação dos alimentos ali armazenados.

Quando a porta fica aberta, ar e umidade entram do ambiente para dentro da câmara. Isso prejudica o equilíbrio térmico já estabelecido, fazendo com que o motor tenha que trabalhar mais para atingir a temperatura desejada novamente.

Além disso, essa umidade faz com que o gelo forme-se mais rapidamente, exigindo que a câmara seja esvaziada para degelo e limpeza com maior frequência do que é esperado. Caso isso aconteça nas saídas de ar dos evaporadores, ele acaba bloqueando-as, o que também prejudica o funcionamento do equipamento.

Portanto, conscientize os seus colaboradores para que apenas deixem a porta aberta quando necessário, conferindo se ela está bem fechada após sair da câmara.

4. Cuide da higiene

A câmara fria tem a função de criar condições adequadas para armazenar alimentos e produtos da sua empresa. Além disso, devido à umidade que entra, inevitavelmente, quando a porta da câmara é aberta, pode ocorrer a formação de gelo no interior, o que prejudica o funcionamento do equipamento. Dessa forma, o degelo seguido da higienização são elementos imprescindíveis para o bom funcionamento.

Portanto, crie um cronograma de degelo e limpeza do equipamento. A higienização deve ser periódica e realizada de maneira adequada, evitando danos à máquina durante o processo.

Para isso, retire todos os produtos armazenados e coloque-os em um local adequado. Faça o degelo do equipamento e lave-o com pano úmido e sabão neutro. Nesse momento, é importante evitar produtos com cloro, uma vez que eles danificam o aço da câmara fria, além de jatos de água, que podem levar à infiltração e, consequente, mau funcionamento.

Faça essa limpeza periodicamente e espere até que a câmara esteja totalmente seca para ligá-la e colocar os produtos novamente.

5. Invista na manutenção preventiva

Outro processo que deve ser realizado com periodicidade é a manutenção de câmara fria, preventivamente, para garantir o bom funcionamento. Ou seja, é preciso contratar um técnico ou empresa especializada para verificar todas as partes do equipamento e garantir que ele esteja funcionando de maneira correta e sem defeitos.

Isso porque você pode controlar a temperatura e a armazenagem dos materiais, além de realizar a higienização de forma correta. Mas, mesmo assim, a câmara ainda está sujeita a desgastes e defeitos difíceis de serem detectados, o que compromete o bom funcionamento da máquina a longo prazo.

Com a manutenção preventiva o técnico é capaz de identificar esses defeitos e trocar partes do motor que já estão desgastadas. Dessa forma, você corrige um problema antes que ele comprometa o funcionamento da máquina e a armazenagem dos seus produtos, evitando grandes transtornos e prejuízos no futuro.

A câmara fria é um equipamento fundamental para uma boa armazenagem de alimentos dentro de uma empresa. Porém, para que ela cumpra suas funções da melhor forma possível, é essencial tomar alguns cuidados. Com essas dicas você está pronto para melhorar o desempenho da sua câmara fria e prolongar a vida útil do equipamento, evitando prejuízos para a sua empresa.

Gostou do conteúdo sobre a manutenção de câmara fria? Quer ficar sempre por dentro das atualizações do nosso blog e investir na melhoria constante da logística da sua empresa? Então curta a nossa página no Facebook agora mesmo!

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Entre em contato, tire suas dúvidas!