• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

O que considerar na hora de comprar uma empilhadeira usada

15 de novembro de 2018
Empilhadeiras, Gestão de Frotas

Está avaliando a possibilidade de comprar empilhadeira usada? Essa é uma decisão importante para a logística e, por isso, deve ser precedida de algumas análises.

Um equipamento seminovo apresenta algumas vantagens, dentre elas a economia de recursos. No entanto, para que a escolha não traga riscos e prejuízos futuros ao seu negócio, é preciso cautela e atenção na hora de realizar essa transação.

Ao longo deste material, você poderá acompanhar os fatores que deverão ser levados em consideração durante a compra de uma empilhadeira usada, garantindo um negócio seguro e vantajoso. Confira!

Quais os benefícios de comprar empilhadeira usada?

Antes de falarmos sobre as análises necessárias para uma aquisição segura, é interessante destacar os benefícios que a compra de um equipamento usado proporciona à sua empresa.

Custo inferior ao de um equipamento novo

Sem dúvida, um dos maiores benefícios de uma empilhadeira seminova é o custo mais atrativo. Isso ocorre porque as empilhadeiras elétricas perdem valor de mercado muito rápido em razão da limitação da vida útil de suas baterias.

Em geral, é possível comprar empilhadeira usada com valor até 50% menor que de uma nova. Entretanto, vale o alerta de que esse não deve ser o único fator a avaliar.

Aquisição de maquinário de alta qualidade

Em muitos casos, a empresa não tem condições financeiras de arcar com a compra de uma empilhadeira nova de qualidade e acaba investindo em produtos inferiores. No entanto, a possibilidade de comprar a ferramenta usada garante que se desfrute de um produto de alta performance.

Quais fatores devem ser avaliados nessa transação?

Apesar das vantagens apresentadas, é preciso destacar que a compra de um equipamento usado pode trazer riscos à empresa. Afinal, é possível adquirir equipamentos de baixa qualidade, com defeitos ou que apresentem falhas em pouco tempo.

O interessante é que esses problemas podem ser evitados por meio da análise de alguns aspectos. Acompanhe!

Bateria tracionária

A bateria é o item que merece mais atenção durante a negociação porque ela representa até 30% do custo de aquisição do equipamento. Além disso, uma bateria com defeito pode queimar fusíveis e controladores, oxidar os chassis e causar danos aos motores elétricos.

Por isso, observe a oxidação nos chassis, principalmente abaixo da bateria. Verifique, também, quantas horas a bateria já trabalhou e o histórico de manutenções.

Para garantir, é importante checar o ano de fabricação — já que a bateria tracionária tem uma vida útil de cinco anos ou 1.800 ciclos. Do mesmo modo, evite equipamentos que tenham baterias reformadas, observe se existe oxidação na caixa metálica e jamais compre o produto se a bateria estiver parada há muito tempo.

Ambiente em que o equipamento era utilizado

Esse é mais um fator importante a ser avaliado, pois o ambiente em que o equipamento era utilizado pode afetar sua durabilidade e eficiência.

Alguns locais são de extrema agressividade para a empilhadeira. Assim sendo, a orientação é evitar a compra de produtos que operavam em frigoríficos, curtumes e ambientes de contato com produtos químicos.

Estado dos chicotes elétricos e dos motores

É necessário analisar se o cabeamento elétrico apresenta remendos e se os fusíveis de proteção estão corretamente ligados. Essa análise não precisa ser técnica. Com um olhar mais atento já é possível identificar tais problemas.

Lembre que uma máquina sem os fusíveis de proteção corretos fica muito vulnerável a danos em componentes com alto custo de reposição, como os controladores eletrônicos.

Colunas das torres

É essencial conferir se existe folga entre o rolamento de carga e a coluna da torre de elevação. O ideal é evitar a compra de equipamentos que apresentem desgaste avançado nas colunas, pois o custo para recuperá-las pode inviabilizar o investimento em uma empilhadeira usada.

Destinação da empilhadeira usada

Por fim, é muito importante que você considere o tipo de operação que será demandado da empilhadeira seminova. Não se pode esperar que uma máquina usada trabalhe bem em uma operação de três turnos, porém ela pode ter excelente desempenho em operações de horário administrativo e sem alto volume de paletes para movimentar.

Em alta performance e com as manutenções em dia, uma empilhadeira vai durar cinco anos. Depois disso, o rendimento cai. Por essa razão, é preciso levar em consideração como será utilizado o equipamento e se você tem as informações necessárias para tomar a decisão.

Como escolher o lugar para comprar uma empilhadeira seminova?

Comprar uma empilhadeira usada pode ser uma decisão vantajosa para a empresa, mas é comum que os gestores tenham dificuldades em definir se o fornecedor é de confiança. Nesse caso, é importante observar certos detalhes antes e durante a negociação.

Em primeiro lugar, confira se o fornecedor dá alguma garantia para o equipamento usado. Afinal, é necessário ter alguma segurança de que o produto adquirido o atenderá por prazo razoável — o padrão de mercado é uma garantia de 90 dias para itens seminovos.

Além disso, depois de avaliar todos os aspectos apresentados anteriormente, é essencial que você se sinta seguro e obtenha as respostas para todas as suas dúvidas.

Escute o que os vendedores dizem e não hesite em perguntar e se informar sobre questões importantes para a realização de uma boa compra. Só feche negócio com quem transmitir confiança e demonstrar credibilidade e capacidade para resolver algum possível problema no futuro.

Finalizando este material, podemos concluir que comprar uma empilhadeira seminova pode ser uma saída vantajosa para as empresas que necessitam desse equipamento, mas não possuem capital suficiente para a aquisição de uma nova ou que desejam economizar recursos.

Entretanto, conforme mencionado, essa é uma decisão que precisa ser tomada com base em análises e observações. Caso contrário, o que era para ser uma compra vantajosa pode se transformar em transtornos e prejuízos.

Com isso, antes de fechar negócio e comprar empilhadeira usada, avalie os pontos apresentados, pesquise bem os fornecedores existentes no mercado e só concretize a compra quando estiver seguro de que essa é a opção mais vantajosa para a empresa.

Está em busca de empilhadeiras? Entre em contato com a Movimak! Trabalhamos com venda, locação e manutenção de equipamentos logísticos há mais de 10 anos.

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Entre em contato, tire suas dúvidas!