• RIO GRANDE DO SUL
    (51) 3785-4944
  • SANTA CATARINA
    (48) 4042-2779
  • PARANÁ
    (41) 4042-3009
  • SÃO PAULO
    (11) 3042-3949
  • (51) 98189-0833
BLOG

ENTREGA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM TODO BRASIL.
CONDIÇÕES ESPECIAIS NO TELE-VENDAS

Aprenda como ter organização e controle nos processos logísticos!

31 de janeiro de 2018
Gestão de Frotas

O conceito dos processos logísticos refere-se a todas as atividades executadas para produzir um produto e entrega-lo ao seu destinatário. Para que o resultado seja bem-sucedido, é preciso focar em cada etapa e garantir que a sua realização corresponda ao desempenho esperado.

Uma de suas atribuições mais relevantes é a antecipação de necessidades e a criação de um planejamento compatível. Contudo, isso somente é possível com um amplo controle sobre a área operacional e o foco na estratégia organizacional.

Separamos, neste post, algumas dicas para ajudar a organizar a área de transportes e obter cada vez mais benefícios para o seu negócio.

Papel da logística no planejamento estratégico

Tanto a importância da operação logística quanto os resultados obtidos são cada vez mais evidentes no desempenho das organizações. A sua participação começa com o abastecimento da linha de produção, o uso de equipamentos logísticos até a entrega das mercadorias para o cliente final.

Essa área também é fundamental para o desenvolvimento de fornecedores e o estabelecimento de parcerias comerciais. A sua participação no fluxo de armazenagem e na gestão de estoques constitui atividades importantes para tornar o negócio mais eficiente.

Agora que você já entendeu um pouco sobre planejamento estratégico, saiba o que você pode fazer para ter organização e controle nos processos logísticos.

Método ideal de armazenamento

O papel logístico não se restringe somente à remessa de cargas, mas começa muito antes, com a etapa de armazenamento tanto de insumos como de produtos acabados. A movimentação de mercadorias está ligada ao processo de entrega, entretanto não deve ser considerada em seu viés restrito, pois compõe toda a circulação dentro do armazém, entre áreas distintas e prateleiras.

Uma das atribuições da gestão de estoque é distribuir as mercadorias com base nos atributos de cada material. Os itens de maior saída, por exemplo, devem ser alocados em posições de fácil acesso para facilitar a sua remessa para os clientes. Já os materiais que exigem condições específicas de armazenamento, como temperatura controlada, ventilação ou embalagens especiais, devem ser separados dos demais.

Como resultado, o local destinado ao estoque é mais bem otimizado, contribuindo, assim, para aprimorar a distribuição do espaço.

Mapeamento de processos

O controle e a visibilidade dos processos logísticos são fundamentais para o sucesso de suas atividades. Portanto, o gestor deve estar atento à realização de cada tarefa e como ela integra a organização. O mapeamento da metodologia de trabalho é um dos recursos mais importantes para identificar quais são as etapas críticas e prevenir atrasos que possam comprometer todo o serviço.

Seu objetivo é alcançar melhores desempenho e eficiência por meio da eliminação de desperdício e garantir que a operação seja concluída no menor tempo possível. Algumas atividades podem ser conduzidas em paralelo com outras, sem prejuízo para a execução de trabalho, o que contribui para a otimização do tempo. Como resultado, a cadeia de suprimentos obtém maior agilidade e flexibilidade.

Mapear processos exige o acompanhamento constante e aprofundado de tudo que ocorre no setor logístico. Uma visão mais detalhada permite que as potencialidades dessa área sejam exploradas da melhor forma possível. Além disso, pontos em que há gastos desnecessários e que oneram a atividade podem ser detectados. Com isso, estratégias a fim de minimizar e eliminar esses riscos podem ser implementadas de forma eficiente.

A produção de um fluxograma do processo é um dos pontos iniciais do mapeamento de processos. O desenho deve ser completo e estar retratando fielmente como as atividades logísticas ocorrem. O sistema deve ser estruturado de forma lógica e sequenciada.

Após esse desenvolvimento, o fluxograma precisa ficar acessível aos mais diversos colaboradores que participam dos processos logísticos. Outros fatores que merecem atenção no mapeamento de processos são as identificações de oportunidades e de falhas.

A busca por um diferencial competitivo e de inovação pode ser descoberta por meio desse procedimento. Isso ajuda no crescimento e na alavancagem da empresa. A correção de pontos negativos também precisa ser analisada com certa atenção. Afinal, o crescimento de gastos de forma descontrolada pode colocar a perpetuação do negócio em risco.

Sistemas de gestão

A evolução da tecnologia possibilitou diversos avanços industriais, desde o advento do computador até a programação robótica. Isso beneficiou especialmente a área de produção de bens, que passou a contar com tecnologia para integrar suas operações e garantir o compartilhamento de informações e processos.

Com a implantação de software de gestão, a operação logística pode ser automatizada, com recursos que oferecem:

  • controle dos níveis de estoque;
  • programação de reposição de itens;
  • controle de pedidos de compra e venda;
  • criação de roteiro de entrega de mercadorias;
  • rastreamento de veículos.

O papel estratégico da logística dentro das organizações precisa ser reconhecido como fonte de inovações e desenvolvimento de novas habilidades. Sua atuação para promover a integração entre os processos logísticos tem tornado o gerenciamento mais eficaz.

Sua capacidade de contribuir para as atividades de produção, distribuição e comercialização tem conquistado melhoria tanto em lucratividade quanto em satisfação do cliente pelo nível de serviço oferecido.

Principais etapas do processo logístico

Existem algumas etapas que são fundamentais ao alcance do sucesso nos processos logísticos. Há diversas tarefas englobadas na logística interna de uma empresa. É preciso realizar uma gestão eficiente de todas as matérias-primas, dos despachos de mercadoria e da movimentação de cargas. Ter bem claro quais são todas as etapas do processo logístico possibilita uma excelente produtividade.

Nessa perspectiva, você conhece todas essas etapas? Então, continue a leitura do artigo para aprofundar ainda mais o seu entendimento sobre o assunto. Confira!

Administração de materiais e recursos

Em primeiro lugar, é preciso realizar uma análise detalhada de todos os materiais a serem utilizados por cada área da empresa. A obtenção de um levantamento preciso de tudo o que é necessário para que a empresa consiga despachar a produção e entregar a mercadoria constitui-se o passo inicial.

A adoção de uma metodologia prática e bem-organizada facilita a organização das mercadorias. Dessa forma, é possível diminuir processos onerosos e redundantes, que acabam consumindo o capital da empresa sem gerar um retorno positivo.

A palavra-chave para compreender como a administração de materiais e recursos é importante é a organização. Ou seja, o detalhamento de informações e uma disponibilização prática ajudam a agilizar os fluxos internos da empresa. Já pensou em como isso é importante? Fique atento a esse detalhe!

Armazenamento

Quando se fala em logística, o primeiro fator que vem à mente é o armazenamento. Apesar de que há diversos outros processos envolvidos, o armazenamento ainda é um dos grandes destaques. Nessa etapa, existem algumas técnicas para proteção, controle e distribuição das mercadorias.

Um detalhe importante que merece ser ressaltado é referente ao centro de distribuição. Muitas empresas produzem os seus produtos, mas eles não são comercializados simultaneamente. Com isso, algumas mercadorias precisam ficar armazenadas para posterior envio aos clientes finais.

Nessa lógica, é necessário ter um cuidado especial com a disponibilização nos centros de distribuição, principalmente quando se trata de produtos perecíveis. Então, organizar e armazenar de forma eficiente e produtiva facilita os posteriores processos de comercialização e de repasse a transportadoras.

Distribuição

A distribuição é um ponto essencial para toda a estratégia logística da empresa. Afinal, todos os passos anteriores têm o objetivo de fazer com que os produtos sejam distribuídos e comercializados da melhor forma possível.

Afinal, é com a venda das mercadorias que a empresa consegue gerar recursos para custear todas as despesas envolvidas com a operação. Um erro muito comum é pensar que a distribuição se restringe somente ao transporte dos produtos. Existem métodos, processos e tecnologias envolvidos em toda a lógica de distribuição.

Administração de compras

Esse outro passo é referente a todos os insumos e produtos que precisam ser adquiridos a fim de que haja a produção correta. O processo ocorre como se fosse uma curadoria. Ou seja, os melhores fornecedores e prestadores de serviços são selecionados.

Orçamentos e propostas comerciais precisam ser analisados pelo time constantemente. Desse modo, é possível aproveitar mais as oportunidades e extrair o máximo possível de resultados para a empresa.

Padronização dos processos logísticos

Adotar a padronização nos processos de logística possibilita definir um método de trabalho eficaz, objetivando alcançar o máximo possível de produtividade.

Isso também é importante para que qualquer tipo de colaborador devidamente capacitado ao cargo consiga executar os processos da melhor forma. Quer descobrir quais as principais atividades envolvidas nessa tarefa? Veja a seguir!

Definir objetivos

Quais são os objetivos da empresa? Sem a resposta para essa pergunta fica extremamente difícil elaborar ações para o alcance da padronização. Então, é necessário compreender qual é a missão, os ideais e o diferencial competitivo do negócio.

Elencar prioridades

Após a definição dos objetivos, uma regra prática é traçar as prioridades no campo de aplicação dos processos logísticos. O fluxo de trabalho é orientado no sentido de que haja um alinhamento com as estratégias da empresa.

Os gestores e empresários precisam analisar internamente quais são os pontos essenciais para que a atividade logística ocorra da melhor forma possível. As prioridades variam de negócios para negócios, mas é preciso conhecer profundamente as demandas internas. Após esse processo, o acompanhamento e monitoramento são práticas que precisam ser executadas continuamente.

Detalhar uma área para gestão de processos logísticos

Os empresários estão habituados a terem setores contábeis, de compras, recursos humanos, dentre outros. Entretanto, é preciso focar em criar soluções direcionadas aos processos logísticos. Uma forma interessante é desenvolver uma área específica para a gestão de processos logísticos. Com o treinamento de colaboradores e a adoção de ferramentas tecnológicas, a otimização se torna possível.

Ao longo do artigo, foi possível descobrir um pouco mais de como prezar pela organização e pelo controle nos processos logísticos é importante. Estruturar, analisar e executar são fatores que precisam ser exercitados continuamente, além de serem sempre aperfeiçoados. A logística é um segmento vital para o alcance de voos cada vez mais altos.

Você percebeu no nosso material que os processos logísticos são acompanhados de diversas outras tecnologias e procedimentos? Pois bem, pensando nesse assunto, desenvolvemos um material para te ajudar a tirar todas as dúvidas dos equipamentos logísticos. Confira agora mesmo!

Compartilhe:

Nossos
CLIENTES

Nossas unidades

Temos unidades em 4 Estados

RIO GRANDE DO SUL

Berto Círio, 158,
São Luis - Canoas/RS

(51) 3785-4944

SANTA CATARINA

Rodovia José Carlos Daux,
4150 Florianópolis/SC

(48) 4042-2779

PARANÁ

Av. Cândido de Abreu, 776
Curitiba/PR

(41) 4042-3009

SÃO PAULO

Rua Sgt Alcides Oliveira, 549
São Paulo/SP

(11) 3230-6774